Quinta-feira, 04 de Junho de 2020

Buscar   OK
Mundo Duas Rodas
Publicada em 15/05/20 às 22:32h - 15 visualizações
Coronavírus: emplacamentos de motos caem 21% no ano

Web Rádio Moto Noticia


Como era de se esperar, o impacto negativo da crise causada pelo novo coronavírus pode ser traduzida em números no nosso setor. Assim, houve redução de 21,9% no emplacamento de novas motos comparando o primeiro quadrimestre de 2020 com o mesmo período do ano passado. Além disso, a queda é de praticamente 70% ao comparar abril de 2020 com o mesmo mês do ano passado.

Os números são da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). De acordo com a entidade, o mercado como um todo, considerando também carros e veículos pesados, retraiu 25,17% no quadrimestre. Se compararmos apenas os meses de abril de 2019 e abril de 2020 a queda é de 73,57%.

Queda no emplacamento de motos é menor que nos carros

Assim, foram emplacadas 28.256 motos em abril de 2020, contra 75.394 no mês antecessor (queda de 62,5%) e 93.380 em abril de 2019 (redução de 69,4%). O acumulado do ano, considerando seu primeiro quadrimestre, registrou o emplacamento de 275.174 unidades em 2020, ante 352.099 no ano passado, encolhendo os já citados 21,9%.

Segundo a entidade, esses números representam um ‘retrocesso de 24 anos, em relação aos dados de abril/2020, e de 17 anos, no acumulado do quadrimestre’ para as motocicletas. “Lamentavelmente, voltamos aos patamares de vendas, registrados há 14 anos, para automóveis e comerciais leves e, para o Setor em Geral, retornamos aos volumes de 1992, ou seja, voltamos aos resultados de 28 anos atrás”, aponta o presidente da Federação, Assumpção Júnior.

Retomada passa pela reabertura das lojas

Atualmente, existem mais de 7.300 concessionárias espalhadas pelo Brasil, considerando os diferentes tipos de veículos. Assim, para Júnior, a retomada do crescimento do setor passa necessariamente pela reabertura desses espaços, o que depende de liberação de órgãos governamentais nas esferas municipal, estadual e nacional.

“Em estados onde a quarentena foi flexibilizada, como em Goiás, por exemplo, a queda do Setor foi menor, tanto na comparação entre abril de 2020 e de 2019 (-47,8%), como no acumulado do ano (-6,7%)”, declarou o Presidente da FENABRAVE.

Ainda, o representante da entidade foi além ao frisar que “estamos prontos para voltar, com total responsabilidade e seguindo, rigorosamente, todos os protocolos de saúde e cuidados sanitários, preconizados pela OMS, Ministério da Saúde e demais Autoridades Sanitárias”, disse.

Ainda, Assumpção destacou que “vale ressaltar que as concessionárias não são locais que provocam aglomerações. Além disso, outro argumento irrefutável refere-se à importância das atividades das concessionárias, que garantem a mobilidade e manutenção de veículos que são primordiais nessa fase, já que transportam cargas e pessoas, por todo o País”, argumentou Júnior.


Do Site: Motonline

POR GUILHERME AUGUSTO




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


COLABORADORES
(83) 9 9177-8911

No Ar
SUPER MUSICAL FLASH AO VIVO com Wando Estradeiro
FACEBOOK

Peça sua Música

  • Franklin - MOTOCRISTO
    Cidade: SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE
    Música: Que Pais é Esse - Legião Urbana
  • djalma
    Cidade: Macaíba - RN
    Música: Born To Be Wild - Steppenwolf
  • djalma
    Cidade: Macaíba - RN
    Música: Road to heaven - Jimmy Cornet
  • Heitor Felipe- confraria lobos natal
    Cidade: natal -rn
    Música: legiao urbana- será
  • Rodrigo Antonio
    Cidade: macapa-ap
    Música: legiao urbana-ainda e cedo
  • Marcos
    Cidade: Solânea/PB
    Música: Esse Cara sou Eu,Roberto Carlos



Estatísticas
Visitas: 322935 Usuários Online: 7


Parceiros

Copyright (c) 2020 - Web Rádio Moto Noticia - Todos os direitos reservados